Eu vi nos seus olhos seus planos de longe acenando pra mim
E eu só estava de cá a observar que agora é o meu fim
De todos projetos e sonhos que juntos fizemos não pude forçar
O futuro que é certo a gente não sabe e as certezas futuro não faz

E cá pra mim não sei se é aqui ou quando vai ser que eu enfim vou
Cá pra nós eu sei o que vai ser e bem sei o porquê não sei quem eu sou
Já é tempo de sermos à sós, sermos pra nós um eu e um você
Um novo começo, eu sei dói, mas livremos dos nós pra da vida a vida ser


1 comentários:

Caio Fabio disse...

óóótemo!

Postar um comentário